SEJAM BEM VINDOS!

DEIXE SEU COMENTÁRIO.
ABRAÇOS...

28 maio 2008

Você

Eu tatuei o seu rosto
Na superfície da lua
Pra ter a sua lembrança
Refletida em plena rua
E em todo lugar que eu olhe
Enxergue a imagem sua

Minha consciência nua
Veste-se de mil apelos
Pra que meus sonhos tão belos
Não tornem-se pesadelos
E eu possa envolver meu corpo
No manto dos teus cabelos

Não quero perder os selos
Que você por garantia
Colocou na minha boca
Quando beijava e sorria
Pra que eu não beijasse outra
Boca que me pertencia

Seu olhar tem energia
De hipnose tão forte
Que faz com que os meus olhos
Para distante transporte
A cegueira que me expõe
No picadeiro da morte

Nada acontece por sorte
Em acaso não acredito
O amor faz e acontece
Pelo destino è descrito
Nos alfarrábios da vida
Nas paginas do infinito

O amor gera conflito
No ego de qualquer ser
Quem ama sente-se inseguro
Quem não ama não quer crer
Que quem ama doa a vida
E o coração sem saber

Você me faz compreender
Que sem você nada sou
Nos somos soma exata
Das partes que Deus juntou
Não da pra subtrair
O que o amor multiplicou

Você é deusa do show
Eu sou só um dos mortais
Que se alimenta do brilho
Que seu sorriso me traz
Da passarela do encanto
Dos palcos celestiais

Meus sentimentos leais
Puderam-me transformar
Num instrumento de fé
A um milagre buscar
Porque você não é santa
Mas me conduz ao altar


Um comentário:

Marisa (anjo da poesia) disse...

Parabéns poeta...
Anjopoesia